Meu atual cargo: POLÍCIA DO JUDICIÁRIO

Atualizado: 18 de jan.


A minha saga pelo cargo de Segurança e Transporte continuou. Mais uma tacada certa! Fiz o concurso do Tribunal Federal da 1ª  Região optando pelas vagas do estado do Maranhão. Foi umas das maiores loucuras que fiz quando comecei a fazer prova para estes cargos, pois como elas eram realizadas em estados diferentes, acabei me endividando por conta de inscrições, passagens aéreas e hotel. Eu literalmente "paguei o preço pelo meu sonho". Ainda lembro como se fosse ontem, São Luís estava tão quente naquele dia que quase passei mal de tanto calor. Consegui me restabelecer e fui para minha sala de prova. Iniciei minha prova com total concentração, após alguns minutos de prova, senti a presença de um corpo na minha frente. De cabeça baixa não percebi que um fiscal, que mais parecia MIB dos homens de preto, estava de pé na minha frente. Eu tomei um susto! Ele pediu que eu levantasse, passou detector de metal e verificou minha carteira. Bem...fui a sorteada da fiscalização em sala. Tudo bem, isso não foi foi suficiente para me desconcentrar. Eu resolvi aquela prova com sorriso no rosto. É... a gente sabe quando passa. Não deu outra, fui a 4ª colocada geral do cargo. Mas, Daiane, eu estou vendo na foto que você está com a farda do TRT. Não era TRF? Sim, era TRF. Porém, o órgão original estava demorando muito para nomear e o TRT 16 precisava de 4 agentes. Olha aí, eu fui aproveitada no mesmo cargo por outro órgão. DETALHE: nesse meio termo entre homologação e nomeação a nomenclatura do cargo foi alterada e hoje chama-se POLICIA  JUDICIAL. Então, Daiane você é polícia? Simmm! Rsrs.

25 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo